sábado, 30 de outubro de 2010

Da tua imagem criei um canto meu pra refletir
É bem igual, e todo mundo, um dia, tem um desses
pra ir, pra vir
A gente vai e fica nele até sumir, sem rir
E quando sai, nem mesmo pensa pra parar de fingir
Fingir de rir
Fingir de fugir
Vamo,amo, canto pra ti, pra tu.
Palavra d'oamo, nesse mesmo ano, acabo com essa pressa
E vou ficar a esperar-te nessa parte de mim que eu parei pra lembrar de ti

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

N corações pra criar, são n que eu lavarei aqui comigo.
Uma vez que os guardei, suas metades estarão comigo.

domingo, 10 de outubro de 2010

Eu não preciso necessariamente achar o que dizer por aqui
pra pode ter algo aqui, eu simplimente não venho aqui,
não preciso vir.
Eu dizer isso já é achar que preciso.
O som tá errado, tem som prum lado, e o tambor tá estorado
Vai baixinho, sonzinho do xiar, só pra ouvir a voz rolar
calar, baixar, estorar, musicar, pular
Eu , eu, eu, eu, eu
Pensa isso em inglês... pensa.

com títuto, grave