sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Sei lá, não gosto frase pequena e oportunidade perdida. Tô nessa!
Será que oportunidade revolta?
Pensar muito me faz desistir... Que "cousas"!

sábado, 30 de outubro de 2010

Da tua imagem criei um canto meu pra refletir
É bem igual, e todo mundo, um dia, tem um desses
pra ir, pra vir
A gente vai e fica nele até sumir, sem rir
E quando sai, nem mesmo pensa pra parar de fingir
Fingir de rir
Fingir de fugir
Vamo,amo, canto pra ti, pra tu.
Palavra d'oamo, nesse mesmo ano, acabo com essa pressa
E vou ficar a esperar-te nessa parte de mim que eu parei pra lembrar de ti

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

N corações pra criar, são n que eu lavarei aqui comigo.
Uma vez que os guardei, suas metades estarão comigo.

domingo, 10 de outubro de 2010

Eu não preciso necessariamente achar o que dizer por aqui
pra pode ter algo aqui, eu simplimente não venho aqui,
não preciso vir.
Eu dizer isso já é achar que preciso.
O som tá errado, tem som prum lado, e o tambor tá estorado
Vai baixinho, sonzinho do xiar, só pra ouvir a voz rolar
calar, baixar, estorar, musicar, pular
Eu , eu, eu, eu, eu
Pensa isso em inglês... pensa.

com títuto, grave

sábado, 21 de agosto de 2010

agora vc está tão l-------------o----------n---------g---------e
volta aqui!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

de dia é lua, a noite é lua
de manhã é sol, mas, não é amarelo
a noite é fria donde começa e acaba em dia
outro dia, a lua a pino em meio-dia
laranja, alaranja o amarelo na manhã
dai dó, doidera

domingo, 8 de agosto de 2010

vamos lá sem ponto ê virgula s e p a r a d o s

terça-feira, 13 de julho de 2010

"a vida vai passar, os anos vão confirmar"

terça-feira, 25 de maio de 2010

Sua alma é homem ou mulher? Sem essa, eu não quero que você me entenda. Pergunto isso pelo que você pensa, daqui pra sei lá eu já sei sem você nem saber, eu comprovo cientificamente pra você. Culpo fácil por qualquer coisa também, sem análise.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Você não é isso, saia daí. Fique aí, para aí, descansa aí, pare, pare, pare!

domingo, 9 de maio de 2010

Eu pensei em você e no tempo quando falei daquelas sépalas e pétalas. Agora quero restaurar dois corações

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Possuir é outra coisa.
Ter!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Foram-se, talvez, quando mais possuir os encontro.
E agora?
Com o pouco que tenho, empresto.
Detesto, mas, não presto as demais ocasiões.
Me detenho com o resto.
Assim vai, tudo arrastado pelo chão que traz poeira.
Nevoeira, traz um pouco de calmeira pra acabar com a multidão.
Assim fica tudo acabado pelo chão.